Bob Dylan e a Geologia

Bob Dylan, cantor e compositor americano de música folk, foi premiado pela Academia Sueca com o Prémio Nobel da Literatura de 2016.

De acordo com a Academia, o prémio foi atribuído a Bob Dylan por este “ter criado novas expressões poéticas na tradição da canção americana”. “É um poeta (…) capaz de se reinventar”

Concordo com a Academia Sueca mas gostaria apenas de realçar um aspecto fundamental da obra do autor que muito deve ter contribuído para a atribuição do prémio: A geologia nas suas letras, ou melhor, no poema Blowin’ in the Wind

“Yes, and how many years can a mountain exist
Before it’s washed to the sea?”

Esta simples frase mostra que o autor tem profundos conhecimentos de geodinâmica externa e do tempo (à escala geológica) necessário para produzir alterações significativas na superfície terrestre.

Lanço o desafio. Vamos encontrar mais referências geológicas na obra do Dylan?

Saudações geológicas!

Jorge Oliveira

View Jorge Oliveira's profile on LinkedIn

Anúncios

2 pensamentos sobre “Bob Dylan e a Geologia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s